O atleta Jordan Neves foi recebido nesta quinta-feira, no Palácio do Governo, pelo diretor-geral dos Desportos (dgd), Anildo Santos. Uma ocasião para o Governo, por intermédio do diretor geral dos desportos, dar as boas vindas ao atleta ao país dos pais do karateca e afirmar o seu reconhecimento pelos feitos que acabam por valorizar também Cabo Verde.


Um prodígio do Karaté em tenra idade a uma certeza da modalidade aos 18 anos, com inúmeros títulos internacionais conquistados pela seleção do Luxemburgo, país que o viu nascer e pelo qual compete há já quase seis anos, com um currículo já invejável.
Jordan colecionou vários títulos e troféus nas camadas inferiores e agora na categoria sénior em que recentemente conquistou o campeonato luxemburguês
Durante o encontro, o jovem campeão agradeceu as palavras de encorajamento e admiração da parte do dgd e recorda o primeiro contacto que teve, mais recentemente, com karatecas de Cabo Verde no ultimo open de Marrocos em que competiu, pela primeira vez, num país continental africano (já que Cabo Verde sendo africano é um arquipélago).
Jordan lembra que foi muito bem acolhido pela caravana cabo-verdiana e destaca o respeito e a amizade que desenvolveu com o mestre Joe de Pina, selecionador de Karaté de Cabo Verde, e com quem ainda mantém contato regular.
Nascido a 27 de outubro de 1998, o jovem cabo-verdiano de nacionalidade luxemburguesa começou bem cedo na modalidade e já aos cinco anos já se vislumbrava invulgar talento no Karaté Clube de Differdange, que se situa em Sanem, uma comuna do Luxemburgo.
O pai recorda que Jordan era uma criança “muito agitada” e de como o Karaté ajudou a moldar o jovem que é hoje, digno da admiração dos seus pares e uma inspiração para outras crianças, adolescentes e jovens.
O Karaté é para Jordan “uma escola da vida”, onde se aprende os valores do respeito mútuo e da disciplina, aconselhando os jovens atletas a principalmente se divertirem e a a não desistirem perante as derrotas.
Só entre 20015 e 2016 Jordan conquistou vários troféus e classificações importantes em torneios europeus, entre os quais:
• 1º classificado – Milon Cup de Bottembourg - 17/01/15;
• 2º classificado – Austria Karaté Championscup - 24/01/15;
• 7º classificado – Campeonato da Europa de Zurique (Suíça) - 6 a 8/02/15;
• 2º classificado – Open de Luxemburgo de Differdange - 24 a 25/04/15;
• 3º classificado – Open de Lignano (Itália) - 22 a 23/08/15;
• 2º classificado – Euro Grand Prix Pilsen (República Checa) - 4/10/15;
• 1º classificado:
o Campeonato Europeu de Pequenos Estados, Nicosi (Chipre) - 10/10/15;
o Copa Internacional de Kayl 17 a 18/10/15;
o Campeonato Europeu Wado-Cup 31/10/15;
o Campeonato Nacional de Coque (Luxemburgo) - 29/11/15;
o Open de Karaté de Sittard (Holanda) - 19/12/15;
• 2º classificado – Milon Cup Bettembourg - 16/01/16;
• 2º classificado – WW Copa Internacional Puderbach - 19/03/16;
• 1º classificado:
o Open de Luxemburgo de Differdange - 24/04/16;
o Open de Lignano (Itália) - 19/08/16;
o Campeonato da Europa de Pequenos Estados - 17 a 18/09/16;
• 2º classificado - Campeonato da Europa de Pequenos Estados, Sub 18 Equipa - 17 a 18/09/16;
• 1º classificado – Internacional Best Figther Karaté Cup 2016 em Oechst, Odenwald (Alemanha) - 1/10/16;
• 3º classificado – Internacional Best Figther Karaté Cup 2016 em Oechst, Odenwald (Alemanha) - 1/10/16;
• 1 º classificado – Copa Internacional de Kayl 15 a 16/10/16.
Um dos momentos altos da sua ainda curta carreira foi este ano, no Open do Dubai quando derrotou, em março, o antigo campeão mundial Kiril Solopov por 7-0, e ainda lutou pela medalha de bronze. Nesse torneio ele só viria a perder diante, precisamente, daquele que viria a vencer o prestigiado Open.
Porém, o jovem mantém a ambição de conquistar outras medalhas entre os quais no Campeonato da Europa ou do Mundo e K1.