Alcinda Lima foi eleita, domingo, no Porto Novo, presidente da Associação de Karaté de Santo Antão (ARSA), durante as eleições de novos corpos sociais desta organização, sucedendo a Nelson Lima, que exercia o cargo desde 2011.


Alcinda Lima, gestora comercial, vai dirigir a ARSA durante os próximos dois anos, período em que promete “dar continuidade ao que de bom foi feito” pela anterior direcção, presidida pelo sensei Nelson Lima, que esteve à frente desta associação durante sete anos.
“Durante estes dois anos, esperamos poder atender às expectativas de todos que nos têm apoiado, com sugestões e criticas ao nosso trabalho”, avançou Alcinda Lima, que se diz “orgulhosa” de ser a primeira mulher a assumir a presidência de uma associação regional de karaté, em Cabo Verde.
Abordada pela Inforpress, a nova líder da AKSA disse acreditar que os próximos anos podem abrir novos caminhos para o karaté em Santo Antão, “mantendo o que de bom foi efeito  e melhorar o que for necessário”.
“Temos ainda como objectivo para este mandato manter as boas relações e parcerias com todos as instituições de forma a desenvolver o nosso Karaté”, prometeu.
Nelson Lima deixa a AKSA que conduziu desde a sua criação, em 2011, “com o sentimento de que “a missão foi cumprida e os desafios, inicialmente traçados, todos alcançados”.
Nelson Lima fez um “balanço multo positivo” do seu trabalho à frente desta associação que, a seu ver, resultou na “materialização de grandes campeões”, alguns dos quais colocados ao serviço da selecção nacional da modalidade.
Graças à parceria da câmara municipal do Porto Novo, a AKSA conseguiu alguns materiais, com destaque para o tão desejado “tatami” (tapete), que vão contribuir, segundo a nova direcção, para a melhoria da prática do karaté, nesta ilha.
Inforpress