O atleta cabo-verdiano que se destaca na Europa em luta livre, Domingos Barros, prometeu hoje, durante uma homenagem que lhe foi prestada pela edilidade da Ribeira Grande de Santiago, criar uma escola da modalidade em Cabo Verde.


Filho do concelho, a residir em Portugal, o atleta, conhecido no mundo desportivo por “Destruidor”, foi agraciado nos Paços do Concelho com a bandeira do município pelo edil Manuel de Pina, “como símbolo máximo de agradecimento local, pelos feitos desportivos de excelência” e de, “continuadamente, transportar o nome de Cabo Verde e, por inerência, da Ribeira Grande de Santiago, aos quatro cantos do mundo”.
Com os seu 26 anos, 1,90 metros e mais de 100 quilogramas, considera este lutador que o cabo-verdiano está dotado para grandes competições do nível, pelo que almeja partilhar as experiências acumuladas lá fora com os “filhos da terra”, para que novos talentos possam surgir nestas ilhas.
Domingos Barros manifestou o seu agradecimento em sinal de orgulho pela homenagem, alegando que fez o pleno com seis vitórias noutras tantas competições e avançou a imprensa ter já celebrado um contrato para mais seis combates nos próximos tempos, em Balattor.
Disse que o seu gosto pela modalidade nasceu a partir do convite numa altura em que trabalhava como segurança na cidade do Porto, Portugal, e que a partir dai ganhou a paixão pela modalidade, face as sucessivas vitórias.
O edil ribeira-grandense disse que o município pretende, com este gesto, transmitir muita força ao lutador, por ser praticante de uma actividade de risco e radical, que exige toda a concentração do atleta, pelo que entende ser determinante para o atleta uma “especial atenção” das instituições e do próprio país.
Manuel de Pina parabenizou o atleta pelos feitos conseguidos nas provas internacionais, tendo asseverado que a bandeira do município, enquanto símbolo máximo do concelho, a par da de Cabo Verde, que o atleta transporta nos seus combates em representação da terra natal, premeia o esforço deste atleta na arena internacional.
O autarca ribeira-grandense considera que os êxitos alcançados pelo atleta nos palcos internacionais demonstram aos jovens do município o caminho deve ser enveredado em detrimento de atitudes incorrectas.
Nascido e criado em Chã Gonçalves (Ribeira Grande de Santiago), Domingos Barros tem se destacado no mundo do desporto internacional ao ser contratado pelo “Bellator”, tornando-se figura de proa na segunda maior competição de MMA dos Estados Unidos e levando o nome de Cabo Verde pelos quatro cantos do mundo.
Bellator MMA, mais conhecido como Bellator, é uma organização de artes marciais mistas localizada nos Estados Unidos da América, sendo a segunda maior do país. Com sede em Newport Beach, na Califórnia, a empresa foi formada em 2008 pelo presidente e CEO Bjorn Rebney.
Inforpress