Cabo Verde vai acolher nos dias 27 e 28 de Julho a 2ª edição do “Hall of Fame International Martial Arts”, evento que trás ao país actores, atletas e mestres mundiais renomados das artes marciais.


De acordo com o presidente do Comité Organizador, Daniel Pina, da Academia Daniel (AKD), a 2ª edição do “Hall of Fame International Martial Arts”, vai contar com o concurso de praticantes em representação de Cabo Verde Bósnia, Brasil, Espanha, Estados Unidos da América, França, Holanda, Luxemburgo, Montenegro, Irão, Portugal, Reino Unido, Rússia, Senegal e Suécia.
O “Hall of Fame International Martial Arts” realiza-se em Santa Maria na ilha do Sal e tem o propósito de “reconhecer e premiar indivíduos ou grupos pela sua dedicação ou feitos relevantes no mundo das Artes Marciais da época desportiva 2018/2019, e ainda reconhecer o contributo de figuras de Cabo Verde no desporto nacional e internacional”.
A AKD, de acordo com o seu fundador encontra-se filiada na Associação AKIS, que é federada na Federação Cabo-verdiana de Karaté e “tem vindo a desempenhar um trabalho de grande relevo, sobretudo junto das camadas mais jovens, no sentido de lhes proporcionar um objectivo de vida através da prática de uma modalidade milenar, educativa e instrutiva, como é o Karaté”
Consta do programa do Hall of Fame International Martial Arts 2019, a realização do “Workshop de artes marciais”, e a “Gala Hall of Fame” onde serão premiados indivíduos ou grupos pela sua dedicação ou feitos relevantes nas Artes Marciais, e também de outras modalidades desportivas.
Esta será a segunda vez que este evento se realiza no continente Africano, pelo que o comité organizador o classifica de “evento de cariz muito especial”, realçando que a primeira edição, realizada em 2015 pelo mesmo comitê, foi muito bem cotada, tendo transmitido confiança na prossecução deste grande desafio.
Inforpress