A jovem karateca cabo-verdiana Silviane Mendes, assegurou esta manhã a qualificação para a disputa da medalha de bronze individual nos I Jogos Africanos de Praia.


Na prova desta manhã, a atleta cabo-verdiana passou as duas fases, tendo no primeiro round terminado a prova na terceira posição, à frente de Burquina Faso, com Camarões e Namíbia a posicionarem-se nos primeiros lugares.
Já no segundo round, Silviane Mendes qualificou-se para a disputa da medalha de Bronze, prova na qual terá como adversária uma atleta da Argélia.
Namíbia e Marrocos jogam para a medalha de ouro ao passo que Camarões e Botswana vão à luta para a medalha de prata.
Silviane Mendes manifestou à Inforpress a sua alegria por ter alcançado o seu apuramento para a medalha de bronze individual, alegando que Cabo Verde tem estado a mostrar serviços, numa competição que a mesma considera ser “muito exigente”.
Opinião corroborada pelo sensei Victor Marques que, entretanto, considera que Cabo Verde terá de aperfeiçoar alguns detalhes relacionados com performances, por entender que no katá um mínimo de deslize poderá pôr em causa todo o trabalho de um atleta.
Os I Jogos Africanos de Praia estão projectados como o maior acontecimento desportivo de sempre realizado em Cabo Verde na qualidade de país anfitrião, o arquipélago irá fazer a sua participação em todas as modalidades em competição.
Sob a égide da Associação de Comité Olímpicos Nacionais Africanos (ACNOA), os Jogos Africanos de Praia Sal 2019 contemplam 11 modalidades ligadas ao mar,  atletismo, basquetebol 3×3, andebol de praia, ténis de praia, futebol de praia, remo no mar, futebol Freestyle, karaté kata, kitesurf, e natação em águas abertas num universo de 42 países.
Estima-se entre 650 atletas, dirigentes e respectivas comitivas, bem como jornalistas de vários países participam nestes jogos.
Inforpress