O ultramaratonista português de referência mundial, Carlos Sá e o paralímpico luso-cabo-verdiano, Jorge Pina, vão ser os padrinhos da Corrida de São Silvestre Praia’2016, na categoria olímpica e paralímpica, evento que se realiza a 31 de Dezembro.


A informação foi avançada à Inforpress pelo “impulsionador” da prova de São Silvestre’2017, Orlandinho Mascarenhas, que promete um “record” de presenças em termos de atletas residentes e cabo-verdianos da diáspora.
No seu palmarés, Carlos Sá conta com resultados onde se destacam o 1º lugar na Badwater Ultra Marathon 217km non stop (Califórnia - EUA) em 2013; o World Record Aconcágua 6962m (Argentina) em 2013; 4º lugar na Marathon des Sables - 250 km's em autossuficiência (Marrocos) - 1º melhor não Africano em 2012; assim como várias vezes top 6 no Ultra-Trail du Mont Blanc - 160 km's (França).
Por seu turno, Jorge de Pina, natural da ilha do Fogo, representou a selecção de Portugal, país onde reside, nos Jogos paralímpicos do Rio’2016.
Jorge Pina conquistou em Abril a medalha de bronze na Maratona de Londres, prova integrada na Taça do Mundo do Comité Paralímpico Internacional (IPC), e garantiu presença nos Jogos Paralímpicos do Rio2016.
O maratonista luso-cabo-verdiano competiu na categoria T12 e completou a distância em 2:42.19 horas, a quase nove minutos do vencedor, o japonês Yutaka Kumagai. O espanhol Oleg Antipin foi segundo.
O cabo-verdiano residente em Portugal, Nelson Cruz, actual campeão de Portugal na prova de corta mato e vice-campeão de São Silvestre Praia’2015, tem também presença garantida na edição deste ano.
De acordo com Orlandinho Mascarenhas, quem nos últimos anos tem vindo a “resgatar” esta prova, nesta edição do Silvestre Praia’2017 a prova principal vai ser disputada na distância dos 10 quilómetros para atletas sénior masculino e feminino, paralímpico T46 e 47, T11, 12 e 13, surdo mudo, e Master 40 masculina.
Fonte: Inforpress