Os atletas da Emicela Team de Cabo Verde, Danilson Pereira, Joaquim Fortes, Wânia Fernandes e Osvaldo Barros não conseguiram viajar na sexta-feira 18, para participar na prova de “Hari Extreme”, que aconteceu no último fim-de-semana na Espanha.


Segundo o atleta Danilson Pereira, que ia participar pela segunda vez nesta maratona, foi uma “decepção” ficar em terra e não poder participar nesta corrida nas Ilhas Canárias.
"Estou um pouco abalado, porque tivemos muito tempo a preparar para participar na maratona, houve alteração no voo e acabamos por ficar em Cabo Verde. Éramos quatros atletas que iam participar na corrida, ficamos de fora, por isso resolvemos participar na corrida do Planto, em Santa Catarina", reforçou a mesma fonte.
O "Hari Extreme” vai ser disputado nas categorias de ultramaratona (102 quilómetros), maratona (41 quilómetros) e médio (23 quilómetros) e deveria contar com um total de 1.145 atletas em representação países como Espanha, Polónia, Itália, Cabo Verde e Alemanha.
Fonte: Inforpress