A Associação de Atletismo de São Vicente (AASV) têm-se desdobrado nos últimos dias em contactos com eventuais patrocinadores da tradicional corrida de São Silvestre, pelo que “não garante a 100 por cento” as provas em juvenis e veteranos.


“Já temos os prémios para a corrida sénior, nas classes masculina e feminina, Estamos a correr atrás dos patrocinadores para ver se viabilizamos ainda as provas em juvenis e veteranos”, garantiu hoje à Inforpress o presidente da AASV, Arlindo Fonseca.
Ao contrário dos anos anteriores, segundo a mesma fonte, todas as provas principiam às 16:00 de sábado, 31, com partida na Laginha, uma hora mais cedo do que no ano passado, sendo certo que a organização espera colocar nas ruas pelo menos uma centenas de atletas, nas diversas categorias.
“Se conseguirmos os patrocínios até sábado, faremos as provas juvenis e veteranos: Se não, avançamos apenas com os seniores”, garantiu a mesma fonte, que propõe o montante máximo de 30 mil escudos para os primeiros classificados em seniores masculino e feminino.
“Tudo ainda depende dos patrocínios, até esses valores poderão sofrer alterações”, reforçou Arlindo Fonseca, que lembrou que por causa das dificuldades, com a ausência de patrocinadores, não foi ainda definida a grelha de prémios, que deve ir, no entanto, do primeiro ao 10ª classificado.
Na estrada, por outro lado, estão garantidas as presenças na prova de atletas campeões de Cabo Verde, quer na classe masculina quer na feminina, como Aleida, Crisolita Rodrigues, Emanuel Silva e Paulo Cardoso.
Os atletas que participam na prova de atletismos de despedida de 2016 partem às 16:00 “em ponto” da Laginha e seguem pela Avenida Marginal-Campim-Rua 1 do Monte Sossego-Rotunda da Ribeira Bote-Avenida Cidade Invicta-Descida de Cruz João Évora-Madeiralzinho-Chã de Alecrim-Laginha-Avenida Marginal-Rotunda de Pássaro, e meta na Rua de Lisboa, num percurso de 10 quilómetros.
Fonte: Inforpress