Danilson Pereira e Vânia Fernandes foram os mais rápidos da IV Edição da Corrida de Proximidade, realizado enquadrado nas festividades de mais um aniversário da Polícia Nacional.

A corrida de 8 km, teve como meta de partida e chegada o largo do estádio da Várzea e contou com mais de uma centena de participantes entre atletas olímpicos, atletas do desporto adaptado, escolas do ensino básico e grupos de ginástica espontâneos.  

Nos masculinos muitos eram os nomes candidatos, entre eles os fundistas Kim de Brava, Ilido Freire, José Daniel Cabral, João Fonseca, Gil Fortes, mas foi Danilson Pereira a chegar em primeiro. O atleta da Assomada, chegou recentemente de Tenerife – Canárias, onde esteve por participar no Tenerife Bluetrail, acabou por cortar a meta em primeiro lugar apesar de não ser uma corrida talhada para o que vem treinando ou seja as corridas de montanha.

Nos femininos Crisolita Rodrigues e Vânia Fernandes eram as duas maiores candidatas. Vânia Fernandes foi mais veloz e chegou em primeiro aproveitando também a desistência da Crisolita Rodrigues. 

A atleta de São Vicente sentiu-se mal e acabou mesmo por desmaiar. O muito calor que se fazia sentir na cidade da Praia foi naturalmente o grande culpado. Alias facto salientado por todos os corredores. Á praticamente um mês de participar na Meia Maratona Internacional de Macau, Crisolita dá mostras de alguma fragilidade mas ainda tem tempo para recuperar e estar no pódio desta grande corrida do oriente.

Na corrida de 5km para amputados Carlos Araujo foi o grande vencedor.

Ainda enquadrado na IV edição da Corrida de Proximidade, realizou-se provas para cadeirantes.