Os atletas Denílson Pereira, Vânia Fernandes e Jailson Moreira venceram hoje a prova de atletismo na categoria de masculino, feminino e paralímpico, realizado no âmbito das festividades de Nha Santa Catarina.


Na corrida que teve o percurso iniciado na localidade de Ribeira da Barca até a praça central de Assomada, o atleta santa-catarinense Denílson Pereira conquistou o primeiro lugar, e subiu ao pódio juntamente com Joaquim Fortes da ilha Brava, de Ilídio Freire de São Lourenço dos Órgãos do atleta Adilson.
Com o mesmo percurso, na categoria de paralímpico, Jailson Moreira chegou em primeiro lugar, Carlos Araújo em segundo, Jorge Pedro em terceiro e o atela Élsio Lima ficou na quarta posição.
Na categoria feminina, a corrida iniciou em Achada Lém até a praça de Assomada e coube a atleta Vânia Fernandes a primeira posição, seguido de Magda Moreira, Patrícia Moreira, e de Conceição Moreira.
Apesar de ter ficado em primeiro lugar o atleta Denílson Pereira disse que a corrida foi um pouco difícil devido a muitas subidas durante o percurso.
O vencedor da categoria de paralímpico, Jailson Moreira criticou o facto de a organização ter marcado o arranque da corrida para às 9 horas e só terem iniciado às 13 horas, uma situação que causou um desgaste nos atletas, devido ao imenso sol que se fazia sentir.
“Saímos de casa cedo e com pouco café, para uma corrida com partida às 9 hora, mas só arrancou quase às 13 horas, e isso foi um desgaste para os atletas e com esta distância e com muitas subidas e sol, foi cansativo, mas foi bom ter chegado na frente”, disse.
O chefe da divisão de Cultura e Desporto de Santa Catarina, Jacinto Horta explicou o atraso com o facto de terem saído de madrugada de uma outra actividade para preparar esta prova logo de seguida.
“Houve atraso, porque saímos logo do festival para vir organizar as pessoas (…), mas embora atrasado conseguimos arrancar e é claro que realmente o sol estava forte e os atletas sofreram com isso”, esclareceu.
A prova de atletismo contou com a participação de 38 atletas masculinos e seis femininos e teve a parceria da Unitel T+, da Associação de Paralímpicos e da Associação de atletismo de Santiago Norte.
Fonte: Inforpress