Os atletas cabo-verdianos residentes na diáspora Samuel Freire e Carla Mendes, ambos a competir em Portugal, conquistaram este domingo a meia-maratona da edição 2019 da Corrida Odjo d’Água, realizada na ilha do Sal.



Na prova masculina, de 21 quilómetros, Samuel Freire, atleta do Sport Lisboa e Benfica, foi o grande vencedor, relegando Andrelino Furtado (Sporting de Portugal) para o segundo posto, ao passo que o atleta de São Nicolau, Brito, fechou o pódio, ao terminar a prova no terceiro lugar.

Eem femininos, Carla Mendes venceu a prova da meia-maratona, com o tempo de 01 hora 33 minutos e 04 segundos, superando a luso-cabo-verdiana Sandra Teixeira (01:34:18), vencedora da edição de 2018, enquanto Edena Lima, de Santo Antão, classificou-se em terceira lugar.

Enquanto isto, Keltom da Domba e Melani do Rosário conquistaram a prova Odjo d’Agua na distância dos 05 quilómetros, em masculinos e femininos, respectivamente, ao passo que nos veteranos Celestina Garcia (femininos) e Ailton Andrade (masculinos) venceram as suas provas.

Nos juvenis, Ernesto Tavares e Edna Semedo foram os vencedores deste escalão de formação.

A edição de 2019 contou ainda com provas paralímpicos e “Corrida Massiva”.

A prova, de carácter nacional, enquadra-se no programa comemorativo do XX aniversário do Hotel Odjo d’Água, em Santa Maria, e contou com uma “forte presença” dos atletas da diáspora.
Inforpress