O atleta paralímpico internacional cabo-verdiano, Carlos Araújo (T46), fechou o pódio da Taça Lwini realizada este domingo em Luanda, Angola, ao terminar a prova dos 10 quilómetros na terceira posição.


Com esta classificação, Carlos Araújo repetiu a proeza alcançada em 2013, quando regressou ao país com a medalha de bronze.
O outro atleta internacional cabo-verdiano, Jailson Moreira (T-47) ficou no quarto posto, posição também alcançada pelo mesmo atleta nas temporadas 2011 e 2014.
De acordo com a organização, esta prova teve a participação na totalidade de 200 atletas.
Dirigida pelo treinador Isaías Spínola, a comitiva cabo-verdiana regressa ao país esta quarta-feira, 02 de Dezembro.
Promovida pelo Comité Paralímpico de Angola, em parceria com a Federação Angolana de Atletismo e a Fundação Lwini, a Taça Lwini conta com o concurso de 12 atletas estrangeiros, em representação de Cabo Verde, Moçambique, Namíbia e São Tomé e Príncipe, além de uma centena de atletas angolanos provenientes das 18 províncias desse país lusófono.
Fonte: Inforpress