A Federação Cabo-verdiana de Atletismo já abriu a inscrição para a XII Corrida da Liberdade, prova que se realiza a 13 de Janeiro, na Cidade da Praia, em comemoração ao Dia da Liberdade e da Democracia.


Organizada pela Câmara Municipal da Praia, a inscrição para a XII Corrida da Liberdade, ao que apurou a Inforpress, está aberta para modalidades da Meia-maratona, nos 10 quilómetros e Corrida Jovem.
De acordo com a programação, a XII Corrida da Liberdade, que tem partida no largo da Praça Alexandre de Albuquerque, no Platô, e meta defronte ao Estádio da Várzea, vai ser disputada a nível da Meia-maratona, Caminhada para Família, Caminhada para Idosos, Corrida Escolar, Corrida Geral, e T-46 surdo nos 10 Km masculino.
A XII Corrida da Liberdade tem como padrinho o antigo futebolista internacional brasileiro e ex-capitão do Sport Lisboa e Benfica, Luisão, cuja garantia foi manifestada pelo próprio presidente do clube da Luz, Luís Filipe Viera, aquando da inauguração da Casa do Benfica da Praia, no Largo Eusébio, em Achada de Santo António.
As inscrições, de acordo com a organização, decorrem até 10 de Janeiro, na sede da Federação Cabo-verdiana de Atletismo, no pavilhão desportivo Vává Duarte, em Chã d’Areia, das 09:00 às 18:00 ou no site www.corridaliberdade.org.
A Corrida da Liberdade é referenciada como o maior evento desportivo de Cabo Verde, em termos de desportos individuais, pelo que desde a 1ª edição, realizada em 2009, tem recebido figuras nacionais e internacionais ligados ao desporto, política e arte.
Nomes como Eusébio, “o Pantera Negra”, Pedro Mantoras, ex-Internacional angolano e do Benfica, Luís Filipe Vieira, presidente do SL Benfica, o luso- cabo-verdiano Oceano da Cruz (ex Sporting de Portugal) já participaram na prova como convidados especial.
Também o judoca luso-cabo-verdiano Nuno Delgado, a judoca portuguesa Fernanda Ribeiro, a maratonista campeã olímpica e da Europa, Rosa Mota, atletas senegaleses de renome, o cantor Nelson Freitas, e altas entidades do país e das instituições internacionais e embaixadas acreditadas em Cabo Verde já inscreverem os seus nomes nesta prova.
Inforpress