O boavistense Adilson Spencer foi o vencedor da tradicional corrida de São Silvestre na Cidade da Praia, ao fazer um tempo 35 minutos e 20 segundos, relegando para o segundo e terceiro postos Nelson Cruz e Adrelindo Furtado respectivamente.

Num itinerário que começou no complexo desportivo da Adega, em Achada Grande Trás, o atleta boavistense começou a distanciar dos principais adversário logo na descida que dá acesso ao Cais da Praia (Avenida Charles Darwin), para nunca mais perder a primeira posição.

O único avanço dos adversários aconteceu na rotunda São Januário, mas o atleta “esticou” a passada e manteve a distância para ser alongada na rotunda de Palmarejo.

A partir daí o atleta não mais relaxou e chegou a meta, no Largo do Estádio da Várzea, com uma distância confortável em relação a Nelson Cruz e Adrelino Furtado.

Muito fatigado depois da corrida, Adilson disse à Inforpress que não foi fácil porque tinha dois adversários à altura, mas que o estágio feito recentemente no Quénia ajudou e “sobremaneira”.

“Tive muitas dificuldades no Quénia por causa da altura e do ar e isso me ajudou muito, o que não quer dizer que foi uma vitória fácil”, pontificou o atleta.

Sobre os próximos compromissos avançou que tem calendarizado para 24 de Janeiro a sua participação na Meia-Maratona de Las Palmas e a 21 de Fevereiro vai tentar os mínimos para os Jogos Olímpicos do Rio 2016, na Maratona de Sevilha.

Também na agenda está assegurada a sua participação na Maratona de Boston, desta feita na companhia do bravense Joaquim Fortes.

De momento, Adilson Spencer tem o registo de 2:27 horas nas provas de Maratona, pelo que precisa baixá-lo para 2:17 horas. No Quénia o atleta esteve a trabalhar com um plano semanal enviado pelo seu treinador das Canárias, David Funes.

A nível feminino, a vitória foi para a atleta do Sporting de Portugal Sandra Teixaira, sendo seguida de Carla Mendes e a veterana atleta da Ilha do Sal Sonia Lopes.

Sandra Teixeira disse à Inforpress, no final da corrida, que esta v vitória tem um “duplo sabor” porque se trata da sua estreia em Cabo Verde e, concomitante, na Corrida de São Silvestre, que classificou de muito competitiva.

A atleta, filha de pais cabo-verdianos, disse que veio com a missão de vencer mas sem desmerecer os adversários, uma vez que Cabo Verde tem demonstrado muito forte no atletismo.

A prova teve como itinerário a Pista da Adega, Achada Grande Trás e meta no Largo do Estádio da Várzea.

Lista dos vencedores:
Sénior Masculino: Adilson, Spencer, Nelson Cruz e Adrelindo Furtado;
Sénior Feminino: Sandra Teixeira, Carla Mendes, Sónia Lopes;
Júnior Masculino: Tobias Semedo, Isais Tavares e Dionilson Brito:
Júnior Feminino: Magda Moreira, Jussara da Paz e Josiane Vaz
Fonte: Inforpress