Atletismo


A atleta Olímpica cabo-verdiana Lidiane Lopes que representou Cabo Verde nos Jogos Olímpicos e Londres 2012 e do Rio 2016 encontra-se em testes no Benfica de Portugal ao passo que e a campeã nacional dos 200 e 400 metros rasos Paula Brito encontra-se no União de Leiria já em treinamento.


Doze atletas da Emicela Team de Cabo Verde partem quinta-feira, para Portugal onde vão participar na sexta edição de Grande Trail de Serra D´Arga, nas provas de 13, 23, 33 e 53 quilómetros.



O atleta paralímpico cabo-verdiano, Márcio Fernandes, detentor do título de campeão do mundo no lançamento de dardo, é candidato a Conselho de Atletas Paralímpicos do Comité Paralímpico Internacional, cujo processo de eleição já decorre paralelamente aos Jogos do Rio’2016, culminando no próximo dia 16.


O maratonista cabo-verdiano residente nos Estados Unidos da América, Ruben Sança, classificou-se na 12ª posição da Meia-maratona “Great North Run”, em Newcastle (Reino Unido) realizado domingo, em homenagem ao 15º aniversário das vítimas de 11 de Setembro, nos EUA.


O atleta Ruben Sança participa, domingo, 11, na Meia Maratona do Great North Run, a decorrer em Newscastle, Reino Unido


O atleta cabo-verdiano Márcio Fernandes, campeão do mundo na prova de dardo, falhou hoje o acesso ao pódio da XV edição dos Jogos Paralímpicos Rio'2016, ao terminar a prova em 9º lugar.


A delegação de Cabo Verde faz a sua estreia nos Jogos Paralímpicos Rio’2016 esta quinta-feira, 08, às 17:30 com o atleta Gracelino Barbosa a competir nos 400 metros, categoria T20 (deficiente intelectual), logo na prova de acesso à meia-final.


O paralimpico Gracelino Barbosa acaba de conquistar a Medalha de Bronze nos Jogos Paralimpicos Rio2016 nos 400 metros, categoria T20 (deficiente intelectual).



Márcio Fernandes, campeão mundial dos jogos paraolímpicos na modalidade de lançamento de dardo, entra em acção no dia 09 de Setembro para defender o título, revelou o chefe da delegação cabo-verdiana, Orlandinho Mascarenhas.


O atleta paralimpico Gracelino Barbosa qualificou-se para a final dos 400 metros, categoria T20 (deficiente intelectual), nos jogos Paralímpicos a decorrer no Brasil.


Jordin Andrade, 24 anos, nascido nos EUA, filho de pai cabo-verdiano, tornou-se ontem no primeiro atleta cabo-verdiano a passar para as meias-finais de qualquer competição nos Jogos Olímpicos.