Basquetebol


 
O Seven Star e o Bairro defrontam-se sábado no quarto jogo da final dos “play-off”, a ser realizado no Pavilhão Desportivo Vavá Duarte, e que poderá ditar o título regional de Santiago Sul sénior masculino da presente edição.


 A equipa feminina do Bairro sagrou-se domingo bicampeã de Santiago Sul em basquetebol sub-16, ao vencer Amibasket no 3º jogo da final dos “play-off”, por 38-27 em partida realizada no pavilhão desportivo Vává Duarte, Cidade da Praia.


A nova Federação Cabo-verdiana de Basquetebol, encabeçada pelo ex-internacional cabo-verdiano, Mário “Marito” Correia, foi recebida esta tarde em reunião de arbitragem para o acerto do contrato-programa com a referida federação, tendo em conta que esta tomou posse muito recentemente, tratando-se do primeiro encontro entre as partes.


A equipa de Palmarejo Bulls garantiu o título de campeão regional de basquetebol de Santiago Sul em sub-18 masculinos.


O Recreativo do Libolo, do seleccionador de Basket de Cabo Verde Mané Trovoada, apurou-se para a final da Taça de Angola em basquetebol sénior masculino, apesar de perder por 87-96 frente o 1º de Agosto, no jogo da segunda mão das meias-finais.



 
As equipas do Bairro, bicampeão de Cabo Verde, e Seven Stars voltam a defrontar-se este sábado, 17, no pavilhão desportivo Vává Duarte, desta feita para o terceiro jogo dos “play-off” da final do regional de basquetebol em Santiago Sul.


A Tunísia apresentou a sua candidatura para organizar o Campeonato Africano das Nações de Basquetebol (AfroBasket 2017) após a desistência de Angola, que espera realizar eleições gerais em agosto próximo, a alguns meses da competição.


 
O Seven Stars iniciou a final dos “Play-off” do regional de Santiago Sul em basquetebol com uma vitória, 77-67, sobre os bicampeões de Cabo Verde do Bairro, em jogo realizado na noite desta quarta-feira no pavilhão desportivo Váva Duarte.


O ministro da Juventude e Desportos de Angola, Albino da Conceição, colocou, em Luanda, um ponto final ao assunto e o país não receberá o Afrobasket2017.


A FIBA África anunciou, na semana passada, a realização de um torneio entre os candidatos à terceira e ultima vaga ao Afrobasket 2017 que deveria ter sido atribuído através do convite (wild card), sendo Cabo Verde um dos candidatos à referida vaga, juntamente com Zimbábue, Chad e República Centro Africana, supostos adversários nesta eliminatória.