O regional de basquetebol de Santiago Sul está a ser gerido por uma Comissão de Gestão liderada por Carlos Morgado, que conta organizar um campeonato com 13 clubes numa competição “recorde” à volta de 44 equipas nesta temporada.

O campeonato sénior, que tem o Bairro na defesa do título regional e nacional, conta este ano, com o concurso de dez equipas, assim como no sub-16, que passou de seis para uma dezena de clubes, já que houve entradas de novas equipas que prometem muita luta.

A temporada 2015/16 está a ser ainda marcada pelo lançamento da prova a nível de sub-14 feminino, considerada importante para dar continuidade ao basquetebol feminino.

A Comissão promove ainda a competição nas categorias de sub-17 e séniores, ao passo que em masculino, a competição gera à volta de sub-14, sub-17 e sénior

Para dar corpo a este projecto, Carlos Morgado e a sua equipa têm procurado encontrar soluções a níveis de infra-estruturas desportivas para acolher os jogos aos fins-de-semana, pelo que a solução encontrada passa pela realização de provas em espaços alternativos ao Pavilhão Desportivo Vavá Duarte.

O polidesportivo do Bairro, o polivalente Djon Pitata, em Achadinha, e a Escola Secundária Abílio Duarte, no Palmerajo, este último selecionado para acolher jogos femininos nos escalões de sub-14 e sub-16 são as soluções encontradas para que em finais de Junho a comissão possa terminar todas as provas em jogo.

O líder desta comissão considera importante a equipa continuar a trabalhar para o desenvolvimento da associação nesta região desportiva, por entender que a direcção cessante, liderada por André Delgado, fez um “excelente trabalho” e que não valia a pena estar a deixar todo o trabalho estragado”.

Ainda assim, Carlos Morgado não se mostra disponível para concorrer a presidência desta associação ou mesmo da federação nacional da modalidade, com o argumento de trabalhar na sua academia, Acadesporto.
Fonte: Inforpress