A Presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC), Filomena Fortes presidiu, nesta quinta-feira, o ato de encerramento do curso de treinadores de basquetebol Nivel I da Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), financiado pela Solidariedade Olímpica através COC.


No ato que contou com todos os formandos, formadores e o presidente da Federação Cabo-verdiana de Basquetebol (FCBB), André Delgado, a Presidente do COC deixou saber da intenção do Comité Olímpico Cabo-verdiano em ajudar no desenvolvimento igualitário de todas as modalidades no país, contando com a Solidariedade Olímpica.

“O Comité Olímpico Cabo-verdiano quer que todas as modalidades, sem distinção, cresçam no país e que esta semente lançada em todas as ilhas, se reproduzam no sucesso das equipas e principalmente do desporto”, sublinhou Filomena Fortes.

Além deste apelo para que os treinadores não guardem o seu diploma mas, que reproduzam os seus conhecimentos aos outros, a responsável da casa do Olimpismo em Cabo Verde aproveitou o momento para alertar à aprendizagem do Inglês ou do Francês, para que os técnicos possam fazer formações internacionais através das bolsas disponibilizadas ao COC, que muitas vezes ficam sem candidatos pelo pouco domínio das duas línguas.

O curso de treinadores de basquetebol foi ministrado pelo professor português Rui Alves e beneficiou 25 técnicos das ilhas de Santiago, São Vicente, Fogo e Santo Antão.

Ao longo de 2016 a Solidariedade Olímpica financiou vários projetos de formação de treinadores nomeadamente, do boxe, voleibol, taekwondo e agora do basquetebol.
Fonte: COC