No âmbito da polêmica não inscrição de Cabo Verde para o apuramento do Afrobasket 2017, a Direção da Federação cabo-verdiana (FCBB) de Basquetebol e a Direção técnica acabaram de colocar os seus cargos á disposição.


A decisão foi comunicada através de uma nota de imprensa assinada pelo vice-presidente FCBB Eugénio Martins.

Na nota, o dirigente avança que a direção do organismo máximo de basquetebol cabo-verdiano "irá convocar uma assembleia geral extraordinária electiva no prazo de 60 dias, conforme o artigo 30º dos estatutos, pemitindo assim que outras candidaturas possam apresentar os seus projectos a eleições, e tomarem os destinos da FCBB".

A decisão irá ser comunicada á "Direção Geral dos Desportos (DGD) de forma a poderem, se ainda entenderem, fazer as démarches para a participação de Cabo Verde no Afrobasket 2017".

No entanto criolosports.com foi comunicado de uma conferência de imprensa, para amanhã, 8 de Fevereiro, às 10h30 no pavilhão desportivo Váva Duarte, organizada pelos jogadores, no sentido de prestar alguns esclarecimentos ao público.