Sem federação e sem uma comissão, a seleção cabo-verdiana de basquetebol já não vai participar nas eliminatórias de apuramento para o Afrobasket 2017.


É que as associações regionais de basquetebol mudaram o sentido de voto e não certificaram a comissão que iria tratar de organizar a qualificação dos Tubarões Martelos para a maior montra do basket africano.

Recordamos que, a Federação Cabo-verdiana de Basquetebol (FCBB) decidiu não inscrever a seleção nas eliminatórias do Afrobasket, alegando falta de dinheiro e dívidas da anterior direção.

Uma decisão que gerou muita polémica no seio do basquetebol cabo-verdinao, resultando na saida da direção da FCBB.

Respondendo ao apelo das associações a Direcção-geral dos Desportos (DGD) deixou em aberto a possibilidade de trabalhar com uma comissão para que Cabo Verde possa estar representado nas eliminatórias.

A DGD fez um pedido à FIBA-África, que foi aceite, para Cabo Verde ainda participar no apuramento.

Segundo a Green Sports, "Com essa decisão das associações regionais, a DGD, em representação do Governo, fica com as mãos atadas, já que não pode tratar diretamente com a FIBA".

No entanto, conforme apurou o criolosports.com, a Assembleia geral FCBB marcou já as eleições da nova direção da federação para o dia 25 de Março.