Ivan Almeida, “El Condor”, usou o facebook para dizer o que pensa sobre um campeonato só com jogadores residentes em Cabo Verde.


“É triste ver jogadores a apontar os dedos a pessoas alheias mas são incapzes de ir no espelho ver os seus próprios erros.”, disse o internacional cabo-verdiano, depois do jogo da final do campeonato de Cabo Verde entre Seven Stars e Acadêmica do Mindelo, realizado no passado sábado na cidade da Praia.

O Seven conquistou o título nacional ao vencer, após prolongamento, a Acadêmica do Mindelo por 54-52.

“Queriam um campeonato só com jogadores que vivem aqui mas são incapazes de trabalhar para apresentar ao público um espetáculo de basket. “, disse.

O estrela do basket cabo-verdiano, que representa o Cholet Basket, da primeira divisão francesa, foi ainda mais longe, criticando o nível do basket apresentado na final.

“As duas equipas que estiveram na final são fracas a nível tático e técnico.”, desabafa.

Ivan deixa um apelo de que o basket em Cabo Verde precisa ser analisado para procurar melhores soluções.

“Agora cabe a nos todos analisar, procurar soluções para subir o nível do basket em Cabo Verde porque este basket esta desatualizado.”