O antigo basquetebolista da NBA, de ascendência cabo-verdiana, Charles Smith, cumpriu domingo um programa de visita de três a Cabo Verde, a convite da Federação Cabo-verdiana de Basquetebol, no quadro da promoção do basquetebol cabo-verdiano no plano internacional.


O poste de 2,08 metros iniciou a carreira de basquetebolista na Universidade de Pittsburghe, tendo representado a selecção norte-americana no Campeonato Mundial da FIBA de 1986, no qual conquistou a medalha de ouro.
Smith esteve ainda nos Jogos Olímpicos de 1988, nos quais ajudou os Estados Unidos a conquistar a medalha de bronze.
Nessa passagem pelo solo cabo-verdiano, Smith encetou contactos com as estruturas desportivas e assistiu o “Torneio da Associação Regional”, realizado no Pavilhão Desportivo Vavá Duarte, na Cidade da Praia, conquistado pelos “All-Stars”, equipa constituída por internacionais cabo-verdianos que militam em clubes estrangeiros.
Juntamente com o seleccionador de Cabo Verde de basquetebol, Emanuel Trovoada, o antigo basquetebolista da NBA orientou um campus para jovens talentos sub16 e sub18 no pavilhão do Bairro Craveiro Lopes, na capital do país.
Smith aproveitou ainda a sua estada no arquipélago para visitar a Fundação Amílcar Cabral, no Platô, onde inteirou-se do funcionamento deste centro documental presidido pelo antigo presidente da República, Pedro Pires.
Inforpress