A caravana da selecção cabo-verdiana de basquetebol 3×3, masculina e feminina, deixa hoje o país com destino a Togo, onde vai participar na fase final do “África Cup”, prova a ser disputada de 09 a 11 deste mês.


De acordo com a programação da FIBA-África, a selecção feminina de Cabo Verde faz o jogo de abertura esta quinta-feira, com Uganda, ao passo que o combinado masculino se estreia na sexta-feira, 10, frente a equipa nacional de Uganda.
A prova conta com o concurso das 12 melhores equipas de África nesta competição 3×3, uma modalidade olímpica da qual “Cabo Verde está a fazer esta aposta” já que o país recebe, em 2019, os I Jogos Africanos de Praia, nos quais esta disciplina está inscrita entre as eleitas.
O seleccionador cabo-verdiano, Emanuel “Mané” Trovoada, adiantou à Inforpress que as duas selecções nacionais estão preparadas para dar luta nesta montra africana, alegando que durante os treinos, que decorreram praticamente um mês, esteve empenhado na preparação de uma equipa forte para que o país possa estar à altura da concorrência.
A selecção masculina é constituída por Fidel Mendonça, Baca, Keny Fernandes e Natch, ao passo que em femininos o país vai ser representado por Alzira Martins, Nataly Semedo Juvelina Bento e Denise Fonseca.
O combinado masculino de Cabo Verde divide o Grupo C com as equipas da Uganda e Nigéria, ao passo que a poule A é formada pelas selecções nacionais do Egipto, Mali e Benim.
Costa do Marfim, Mauritânia e República Democrática do Congo estão integrados no Grupo B, enquanto Togo, Madagáscar e Burquina Faso fecham a poule D.
Já a selecção nacional feminina está inserida na poule A, lado a lado com a equipas nacionais de Uganda e Gana.
Cabo Verde qualificou-se para a fase final do Africa Cup, em Agosto durante a fase de apuramento de eliminatória realizada em Benim.
Inforpress