A Associação Desportiva do Bairro (Adesba) promete adoptar medidas para resguardar os seus interesses, visando a “recuperação dos investimentos feitos ao longo de várias épocas desportivas” com os atletas “Maguey” e “Baca” que se seguiram para Portugal.


Amarilson Lopes “Maguey” e Ailton Marques “Baca”, que nos últimos cinco anos representaram os campões de Cabo Verde e de Santiago Sul do Bairro, na modalidade de basquetebol, já estão a aventurar-se no basquetebol português.
“Manguey e Baca integraram a equipa ‘canarinha’ aos 18 anos por indicação de Bruno “Titó”, à época treinador da equipa de Ponta de D’Água e, actualmente, jogador da equipa do Bairro”, esclarece o clube em nota enviada à Inforpress.
O Bairro, relembra, potenciou as suas qualidades técnicas e tácticas, tendo contribuído para a conquista de vários títulos regionais e nacionais, bem como o galardão de melhor equipa de Cabo Verde em 2016.
“A direcção da Adesba e comunidade do Bairro auguram maiores sucessos ao Amarilson “Manguey” e Ailton “Baca” que, nesta época, vão vestir as camisolas do Ginásio Clube Olhanense e do Beira-Mar, respectivamente. Estamos juntos, sempre!”, lê-se no documento.
A direcção do Bairro reclama que, enquanto clube formador desses atletas, “não foi devidamente informada pelos intermediadores internos e externos, o que dificulta a recuperação dos investimentos feitos ao longo de várias épocas desportivas com os atletas”.
Inforpress