A selecção cabo-verdiana de basquetebol feminina já se encontra em Dakar, Senegal, para participar no Afrobasket’2019 em séniores, que se inica este sábado, no Diamniadio, Dakar Arena


De acordo com a calendarização da FIBA África, o combinado crioulo vai partilhar o Grupo D com os combinados nacionais de Moçambique e Quénia, tendo a sua estreia agendada para domingo, 11, diante das quenianas.
Cabo Verde voltará a subir o pavilhão na terça-feira, 13, para enfrentar a congénere de Moçambique, com olhos postos na passagem à segunda fase.
O seleccionador nacional da modalidade, António “Zola” Moreira, disse que o conjunto cabo-verdiano viajou para Senegal preparado para ultrapassar, primeiramente, a fase inicial, alegando, entretanto, esperar dificuldades.
Disse que Moçambique, quarto classificado da última Afrobasket, está reforçado, inclusive com jogadores que actuam na WNBA nos Estados Unidos e que a selecção do Quénia, assim as outras concorrências, pretende atingir a segunda fase.
Grupo A: Senegal, Costa do Marfim e Egipto.
Grupo B: Tunísia, Camarões e Nigéria.
Grupo C: Mali, Angola e Congo.
Grupo D: Quénia, Cabo Verde e Moçambique.
Inforpress