O campeonato nacional de Boxe 2015 não teve o desfecho desejado.

  Apesar da realização de todos os combates, durante os três dias de competição. A prova não teve o brilho final devido a indisciplina e invasão do recinto por parte do público e certos dirigentes  acompanhados de treinadores.

Situação lamentável, afirmou o diretor da prova, Adelino Tavares, na  hora do balanço. A falta de segurança nos três dias de prova foi  notória e era de prever situações do tipo numa modalidade de combate que atiça um público por vezes muito emotivo.

A decisão a favor de Valdo Reis de São Vicente, no combate final  diante de André Carvalho da Praia, na categoria de +de 91kg, acabou  por indignar o público. O treinador da escola Boa Vontade, Nelo, saiu  em defesa do seu aluno e com a ajuda do muito público, contestaram a  decisão dos árbitros, culminando com a invasão nada pacifica do recinto.

Na opinião de Lazaro Contrera, próximo técnico nacional, é normal  decisões do tipo, que vão contra a parecer do público, mas há que  saber controlar, falando para os treinadores e dirigentes. Em 22  combates foi o único “caso”, portanto a atuação dos árbitros só pode  ser considerada de positiva, concluí o cubano.

Embora houvesse requisição dos serviços de segurança, a limitação do  orçamento para o campeonato não permitiu o pagamento da presença  efetiva, ficando o campeonato a mercê de rondas pontuais da PN e PM,  desabafou o diretor da prova.

Com a chegada da polícia nacional e logo de seguida da polícia militar  a ordem foi reposta, mas ficou por fazer a entrega de alguns prémios  individuais e colectivos. Para a organização, depois do relatório  técnico, vai se fazer a entrega dos restantes troféus e medalhas.

Quanto a parte desportiva, o presidente Flávio Furtado, no meio a  confusão, classificou de excelente e de grande nível dos combate.

Durante os três dias tivemos no total 22 combates nas diversas  categorias. Seguindo a ordem crescente dos pesos esses são os campeões  nacional de 2015:

•    Categoria 49kg - Evandro Tavares (Santiago Norte)


•    Categoria 51kg - Mirta Cabral (Santiago Sul)


•    Categoria 52 kg – David de Pina (Santiago Norte)


•    Categoria 54Kg – Elsa Bortes (Santiago Sul)


•    Categoria 56kg – Gerson Rocha (São Vicente)


•    Categoria 60kg - Alex Varela (Santiago Norte)


•    Categoria 64kg – Claudino Semedo (Santiago Sul)



•    Categoria 75kg – Elizandro Alves (Santiago Norte)


•    Categoria 81kg – Sifonelo Borges (Santiago Sul)


•    Categoria +91kg – Valdo Reis (São Vicente)

•    Categoria 69kg – Não houve campeão. Ariscon Rosário (São Vicente) e  Walter Barros (Santiago Sul) foram desqualificados por brigarem no  ringue depois do sinal de fim de combate por parte do árbitro.

Victor Hugo Fortes