O presidente da Federação Cabo-verdiana de Boxe (FCB), Flávio Furtado, sugeriu hoje a implementação da modalidade nas escolas secundárias visando criar novos talentos.


Flávio Furtado fez essa sugestão em declarações à Inforpress, depois de visitar as ilhas do Fogo e Brava para saber do estado do desenvolvimento do boxe nessas duas regiões desportivas.
Informou que durante a visita teve encontros com algumas instituições de ensino, as câmaras municipais e delegados de  educação, para sensibilizá-los a apostarem a incluírem o boxe nas aulas de educação física.
” omeçamos nessas duas ilhas mas a ideia é visitar outras regiões, designadamente a Ilha do Sal e Santiago Norte”,  acrescentou  o responsável máximo do boxe nacional.
A FCB, conforme explicou Flávio Furtado, vai entrar nesse processo para fazer o trabalho de prospecção junto das escolas para descobrir jovens com aptidão e habilidades para a modalidade.
“Este projecto não está vocacionado para formar atletas, mas sim levar os jovens a começar a praticar a actividade física através do boxe e daí pode surgir alguns talentos”, esclareceu.
O campeonato nacional de boxe vai realizar-se de 28 a 30 deste mês no pavilhão desportivo Vavá Duarte, na cidade da Praia, contando com a participação de 52 atletas, de quatro regiões desportivas.
A competição, que vai acontecer em masculinos e femininos em diversas categoriais, incluindo os juniores, conta com as participações das associações regionais de Santiago Norte, Santiago Sul, Sal e São Vicente.
Inforpress