A Comissão Executiva da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos Africanos (ACNOA) aprovou hoje, na sua 50ª assembleia realizada em Bamak (Mali), a candidatura de Cabo Verde para organizar os I Jogos Olímpicos de Praia Africanos em 2019.


A delegação cabo-verdiana constituída pela presidente do COC, Filomena Fortes e pelo secretário executivo, Leonardo Cunha, oficializara este sábado a candidatura do arquipélago para esse evento que realizar-se-á na vila turística de Santa Maria, na ilha do Sal.
Os jogos serão realizados na ilha do Sal, que no mês passado recebeu a visita de uma delegação da Associação dos Comités Nacionais Olímpicos Africanos, liderada pelo seu presidente general Lassana Palenfo, para se inteirar “in loco” das condições que a ilha reúne para acolher este evento que contará com a participação de 54 países de África e um total de 19 modalidades de praia.
Na ocasião o representante máximo do ACNOA manifestara a sua convicção na vitória da candidatura cabo-verdiana, após encontro com as estruturas desportivas, audiência com Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, Governo de entre outras individualidades.
Neste âmbito cabo Verde foi ainda convidado a apresentar os Jogos Olímpicos de Praia Africanos “Cabo Verde 2019”, na Assembleia geral da ACNOA, a realizar-se nos dias 8 e 9 de Maio em Djibuti.
A presidente do COC, Filomena Fortes, disse ser uma “uma grande satisfação ver Cabo Verde a acolher tão grande evento e que trará ganhos incontornáveis ao país, quer no desporto como nas mais diversas áreas”.
Fonte: Inforpress