A égua Armando Cunha sagrou-se hoje vencedora da prova de hipismo São Filipe’2017 no ano do Centenário do desenterro da Bandeira, ao bater Vingança na emocionante final realizada no Hipódromo da ilha do Fogo, totalmente lotado.


Foi uma autêntica reedição da final de 2016, envolvendo a égua Armando Cunha de 10 anos de idade e o cavalo Vingança, nove anos, do mesmo proprietário, Ovídio Martins, que terminou com sentimento de grande alegria junto dos torcedores, consoante as suas simpatias.
Os dois animais da ilha do Fogo  apuraram-se para a “finalíssima” por saírem vitoriosos na primeira das duas séries das provas desta tarde, sendo que nas séries seguintes ditaram a terceira posição para Dom Pablo (Santo Antão), e o  quarto posto a Tripoli, da ilha do Fogo.
Tahity, do proprietário Nuno Duarte, da ilha de Santiago, ficou no quinto posto, mas não disputou a prova na pista por causa da lesão contraída por Criston de São Vicente, corrente da altura.
A organização premiou o 1º classificado com 250.000$00, segundo com a quantia de 200, o terceiro posicionado com 180, o quarto com 150, o quinto com 130 e o sexto posto com 100.000$00.
Kau Lima foi vai ser contemplado com um prémio de 15 mil escudos na qualidade do Melhor “Jockey”, seguido de Dida, Jockey de  Tripoli, com direito a 5 mil escudos como segundo melhor, com 41 e 40 pontos, respectivamente,
No final da partida e num clima de muita emoção e de diversas manifestação de alegrias dentro e fora da pista, Kau Lima que saiu aos ombros dos seus fãs, disse que já contava com o título, alegando que esteve durante os últimos quatro meses a preparar-se para a concretização deste sonho.
Reconhece que “estiveram em pistas dois grandes cavalos” argumentando que Vingança dá muita resistência, mas assegura que “Armando Cunha atravessa o seu melhor momento de forma”.
Fonte: Inforpress