O Comité Paralímpico de Cabo Verde (COPAC) e Associação de Levantamento de Pesos Olímpicos assinam hoje um protocolo com o objectivo de o Comité Paralímpico vir a desenvolver actividades na disciplina de levantamento de peso paralímpico.


Em entrevista à Inforpress,  o presidente do Comité Paralímpico de Cabo Verde, José Rodrigo Bejarano,  disse que a ideia é trabalhar sempre em parceria com as federações olímpicas e as instituições olímpicas nacionais e internacionais que laboram com a mesma modalidade desportiva.
Explicou também que a assinatura deste protocolo ajuda na introdução e desenvolvimento do desporto de levantamento de peso, quer olímpico quer paralímpico em Cabo Verde, alegando que os técnicos, os árbitros e as organizações, vão trabalhar, com os mesmos objectivos para que tal aconteça.
Para o mês de Agosto anunciou uma formação de levantamento de peso paralímpico para, atletas, árbitros, treinadores e para classificadores desportivos, em parceria com a Associação de Levantamento de Peso.
Bejarano avançou a Inforpress que neste momento o COPAC está a ultimar detalhes dos atletas paralímpicos que vão representar o país nos Jogos da Francofonia que decorre de 21 a 30 de Julho em Costa do Marfim.
José Rodrigues Bejarano promete ainda “fazer uma quantidade de actividades regionais, especialmente na criação e potencialização da federação cabo-verdiana de desporto adaptado, desenvolvendo um projecto de registo das associações regionais”.
Ainda revela que vão a trabalhar com a Associação Regional de Natação (ARENA), com vista, a criação de um projecto de natação paralímpico asseverando que há uma oportunidade de enviar atletas para participar nessa prova que acontecerá no México, no próximo mês de Novembro.
Fonte: Inforpress