A Câmara Municipal da Praia procedeu na tarde de hoje à oficialização de um subsídio de 3.500 às diferentes associações desportivas de Santiago Sul e o Comité Paralímpico de Cabo Verde para incentivar a prática desportiva.


O protocolo, segundo a edilidade,  tem por objectivo a promoção das modalidades e vem no seguimento do programa municipal de apoio ao associativismo desportivo, disponibilizado às associações recurso financeiros e materiais para melhor desenvolver a prática desportiva organizada, no município da Praia.
A formalidade assinada pela edilidade no Paços do Concelho com 16 beneficiados atribuiu um subsídio de 600 mil escudos a Associação Regional de Futebol de Santiago Sul, 300 mil para a Associação de Andebol e a Associação de Basquetebol, ao passo que a Associação de Voleibol vai ser contemplada com 200 mil escudos.
As associações regionais do Boxe, do Atletismo, da Ginástica da Praia, de Surf e Body Board da Praia,  de Taekwondo e,  de Ténis têm direito a 150 mil escudos cada, ao passo que as Associações dos Deficientes Visuais de Cabo Verde, de Xadrez da Praia, das Famílias e Amigos de Crianças com Paralisia Cerebral,  de Natação Santiago Sul e  de Atletismo são contempladas com uma verba de 100 mil escudos, cada.
O autarca Óscar Santos disse que autarquia está determinada em trabalhar junto com as associações e escolas na dinamização da prática desportiva e aponta os investimentos na infra-estruturação de espaços desportivos como um exemplo desta aposta, tanto em modalidades desportivas como individuais.
Afirma que a Câmara Municipal da Praia acredita nas potencialidades da sua juventude, razão pelo qual promete capitalizar, cada vez mais, os desportistas, de modo que a “capital possa estar na linha de frente no campo desportivo”, através de uma vasta gama de actividades intensa ao longo do ano.
Promete trabalhar para dinamizar ainda mais a prática do desporto durante o ano para começar já a preparar, em 2018, a celebração dos 160 anos da  elevação da cidade da Praia à capital do país, imbuído do espírito “O desporto une as pessoas e as cidades”.
Em representação das colectividades beneficiadas, a presidente da Associação Regional de Andebol de Santiago Sul, Maria Martins, destacou a importância do protocolo rubricado, sublinhando ser uma forma de ajudar as associações a cumprir os objectivo delineados, tendo afirmado que a Câmara da Praia se afigura como um dos seus maiores parceiros ao longo dos anos.
Fonte: Inforpress