A presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC), Filomena Fortes, vai concorrer sozinha à sua própria sucessão na assembleia-geral electiva, que se realiza sábado, na sede deste organismo, na Cidade da Praia.


De acordo com a presidente da Comissão Eleitoral, Sofia Lima, o prazo para a apresentação das candidaturas aos órgãos sociais terminou terça-feira, 28, e apenas deu entrada uma única lista encabeçada pela professora Filomena Fortes.
Ao que apurou a Inforpress, o secretário-geral do COC, Serge Santos, procedeu nesse dia à entrega dos documentos para a validação junto da Comissão Eleitoral Independente.
Tudo leva a crer que as movimentações que se registavam há já algum tempo no terreno para o surgimento de uma candidatura alternativa não passaram de intenções.
A assembleia-geral do COC realiza-se a partir das 09:00 de sábado e Filomena Fortes, que se encontra à frente deste organismo desde Fevereiro de 2014, deverá ser reeleita para o segundo mandato.
A marcação da data bem como a aprovação da comissão de eleições, propostas pelo corpo directivo chefiado por Filomena Fortes, foram feitas por votação, em assembleia-geral, realizada em Setembro, e contou com a presença da maioria das federações desportivas.
A Comissão Eleitoral Independente é composta por quatro advogados.
inforpress