O presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz disse hoje que o ano de 2018 vai ser o ano do desporto no concelho com materialização de vários projectos, a nível de infra-estruturas desportivas, com destaque para Centro Olympafrica.


O Centro Olympafrica de Cabo Verde, financiado pela Fundação Internacional Olympafrica e o Comité Olímpico Cabo-verdiana em 180 mil dólares será erguido em Achada Fazenda, Santa Cruz (ilha de Santiago).
O centro desportivo e educativo que vai acolher, em Fevereiro de 2018 um torneio de futebol a nível dos 47 centros Olympafrica, altura da conclusão da primeira fase orçada em 20 mil contos, integra um campo de futebol, pista de atletismo, biblioteca, centro de estudo, espaços de apoio para as crianças e jovens.
Para o edil de Santa Cruz, Carlos Silva, o centro vai trazer várias valências e benefícios a este município, que vai desde a inclusão dos jovens e crianças em situação de risco, promoção do desporto e educação.
O autarca disse ainda que este centro vai criar condições para as actividades geradoras de rendimento (AGR), tendo em conta que o município padece de “muitas dificuldades”.
“2018, vai ser o ano do desporto, ou seja, é fruto de tudo aquilo que foi trabalho de 2017”, sublinhou, Carlos Silva, em declarações à Inforpress.
Nesse sentido, assegurou a mesma fonte que as obras de conclusão do Estádio Municipal 25 de Julho, orçadas em 50 mil contos e que já estão negociados, arrancam em Janeiro com colocação de bancadas e balneários.
Ainda no próximo ano, o concelho vai beneficiar de mais duas placas desportivas, sendo uma ao lado do Estádio 25 de Julho e outra em Achada Laje.
Inforpress