O cavalo Criston, 4 anos, de São Vicente, venceu na a tarde de hoje a corrida realizada no âmbito das festas do Dia do Município e da Bandeira em São Filipe, contra o seu rival Vingança.


O cavalo, que veio de São Vicente e que no ano passado ficou em sexto lugar na tabela classificativa, nesta mesma competição, venceu a corrida depois de ter disputado hoje um lugar na final, que ditou como seu rival, o Vingança, 9 anos, da ilha do Fogo e que em 2017 conquistou o segundo lugar.
No final da corrida, Sunam, jóquei do cavalo do Clube Ginete em São Vicente, Criston, disse que estava “muito feliz”, porque muitos não acreditavam que o seu cavalo poderia ganhar, mas que essa vitória mostrou que era “forte”.
Quando a corrida terminou e os dois cavalos chegaram à meta, as pessoas invadiram a pista do hipódromo de São Filipe, tentando chegar perto do vencedor e dos outros participantes da prova, numa disputa onde também há apostas, que não sendo legal, é aceite por todos.
A corrida de hoje contou com a participação de seis cavalos que na última sexta-feira, 27, apuraram para a final, e são eles, para além de Criston e Vingança, Armando Cunha, de Fogo, com 11 anos, Don Pablo, de Santo Antão, com 10 anos, Tripolia, de São Vicente, com 4 anos, e Plural, também de São Vicente, com 10 anos.
O resultado final ditou primeiro lugar para Criston, que recebe um prémio monetário de 250 mil escudos; segundo lugar para Vingança, que recebe 200 mil escudos; terceiro lugar para Tripolia, que fica com 180 mil escudos, seguido de Armando Cunha, com 150 mil escudos; quinto lugar para Plural, com 120 mil escudos e Don Pablo, em sexto lugar, com 100 mil escudos.
A corrida de hoje, que começou com duas séries, sendo a primeira entre Vingança, Plural e Tripolia, e a segunda entre Armando Cunham Cunha, Criston e Dom Pablo, devia prosseguir com a disputa do sexto e quinto lugares entre Don Pablo e Tripolia, que ficaram na terceira posição, mas tal não aconteceu porque o Don Plablo lesionou-se, tendo ficado automaticamente como último classificado.
O mesmo aconteceu na disputa do terceiro e quarto lugares, entre Tripolia e Armando Cunha, entretanto, também o Armando Cunha lesionou-se, tendo ficado na quarta posição, oferecendo a terceira para a Tripolia.
A assistir a corrida estava o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, o presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Jorge Nogueira, o deputado nacional Filipe Santos, e o presidente da Assembleia Municipal de São Filipe, Adolfo Rodrigues.
Inforpress