O Polivalente Oeiras na cidade do Mindelo, São Vicente, vai ter piso novo. As obras de reabilitação cofinaciadas pelo MD/DGD e Câmara Municipal de Sâo Vicente, orçadas em 2.300 contos, arrancaram esta terça-feira, com duração prevista de dois meses. Momento testemunhado pelo delegado do MD/DGD em São Vicente, Adelino"Didi" Duarte que foi conferir o início das obras.


A empreitada incluirá substituição de peças danificadas, limpeza do piso, batumação com cola e verniz, lixa, pintura e vernizagem e será excutada pela empreiteira Mestre Pulu.
Certamente, ótimas notícias para os amantes do dos desportos de salão da ilha do Monte Cara, que já vinham reivindicando a requalificação daquele espaço.
Uma iniciativa inserida na política do Executivo de aproximação das autarquias e no quadro da requalificação do parque desportivo nacional, em relação ao qual tem havido um forte esforço do MD/DGD no sentido de, tanto melhorar as infraestruturas existentes, como a edificação de novas infraestruturas.
Entre alguns projetos recentes, em curso, concluídas ou mesmo em fase de lançamento, com o financiamento total ou parcial do MD/DGD estão também a requalificação do Estádio Adérito Sena, com a parceria entre a DGD e a FIFA, a reabilitação e arrelvamento do Campo de Lém, em São Filipe do Fogo ou a requalificação recente do Gimnodesportivo Vavá Duarte.
As reabilitações do Clube Académico do Sal e o seu centro de treinamento, dos clubes de ténis do Mindelo e do Castilho, da sede do Barreirense do Maio, da sede do Beira-Mar, assim como reabilitação de infraestruturas desportivas em São Domingos, no Paúl, no Maio são alguns outros exemplos.
Afinal, tudo isto assente e em coerência com a nossa visão de desenvolvimento do desporto enquanto factor relevante para a economia e o desenvolvimento social do país.
DGD