O Diretor Geral do Desporto, Anildo Santos, recebeu na última sexta-feira, elementos da Federação Cabo-verdiana de Esgrima que fez questão de apresentar o seu projeto de formação - Laboratório de Esgrima “FENCING LAB”, em Cabo Verde, que decorre no Pavilhão desportivo “Vavá Duarte” de 16 a 23 do corrente mês, com crianças da Cidade da Praia e do concelho de São Domingos.


O projeto, segundo o Presidente da FCE, Isaías Brito, enquadra-se no plano de ação daquela federação para o corrente ano e conta com a parceria da Federação Italiana de Esgrima e da Associação de Amizade Itália Cabo Verde “KRIOL-ITÁ”, enquanto impulsionadores da prática desta modalidade em Cabo Verde, bem como do Estado maior das Forças Armadas.
A ideia é, tendo em conta que a Esgrima é muito pouco conhecida no país, começar a fazer um trabalho de sensibilização e divulgá-la desde a base para a massificação da cultura dessa modalidade, uma vez que se pretende levar a prática deste desporto a todas as regiões desportivas, conforme adiantou o responsável.
Neste sentido, avançou um dos elementos da FCE, de 01 a 03 de setembro, receberão uma visita inspetiva de uma delegação da Federação Internacional de Esgrima, com o propósito de proceder a inscrição da FCE nesta Federação Internacional que tem sede na Suíça.
O Diretor Geral do Desporto, por sua vez, parabenizou a FCE pela iniciativa, salientando estar satisfeito por ver que aquela federação está a instituir-se no percurso, fazendo uma cultura de jogos, neste caso da esgrima, no país com o apoio dos considerados melhores na modalidade que é a Itália.
Por outro lado, realçou o gesto de boa vontade da Itália, através da pessoa Sra. Maria Silva do Kriol-Itá, tendo aproveitado a ocasião para agradecer todo o apoio dado e augurando que o projeto ramifique para que futuramente o país possa ter vários atletas da esgrima e, quem sabe, campeões mundiais na modalidade.
Anildo Santos manifestou a disponibilidade da DGD em trabalhar em conjunto com a FCE para que a modalidade seja massificada em Cabo Verde e contribuir também para o desenvolvimento do setor do desporto no país.
A referida ação de formação que está a ser dirigida inicialmente a crianças é orientado pelo mestre italiano Puglisi Giancarlo, coadjuvado pelos instrutores cabo-verdianos de esgrima António Rodrigues, Rui Fortes e William da Veiga, todos militares capacitados em Itália pela Federação Italiana de Esgrima.
DGD