O Ministro de Estado e do Desporto disse em S. Vicente que “a melhor forma de combater o doping no desporto é sensibilizar e prevenir” os jovens sobre os seus perigos.

Fernando Elísio Freire fez esta declaração na tarde de quinta-feira, durante a socialização do Projecto de lei que Estabelece o Regime Jurídico da Luta contra a Dopagem em Cabo Verde pela Organização Nacional Antidopagem (ONAD-CV), com jovens e alunos do Liceu Jorge Barbosa.

“É uma questão séria e importante para Cabo Verde. O desporto é tolerância, é honestidade, é cumprir as regras e respeitar o adversário”, frisou o Ministro, exortando os jovens a aplicar esses valores para que possam ser “excelentes cidadãos” na sua vida futura.

“Praticar o desporto limpo e com ética é precisamente para defenderemos a nossa sociedade”, acrescentou o Ministro, anotando que o Governo definiu o desporto como sendo factor de criação de riqueza, de crescimento económico e promoção da imagem de Cabo Verde. “E a promoção dessa imagem faz-se com um país credível”, referiu, apelando por isso ao “jogo limpo”.

Com a organização dos eventos internacionais no nosso país temos granjeado credibilidade, segundo o Fernando Elísio Freire, “que deriva muito do facto de promovermos o jogo limpo”. “Quando criamos uma organização anti-dopagem ficamos muito mais credíveis. E isso faz com que as instituições e organizações internacionais vejam Cabo Verde de uma outra forma”, acrescentou.

Para o Ministro, com a socialização deste projecto de lei “estamos a transmitir aos jovens cabo-verdianos de que o doping não vale a pena”.

A ONAD é a autoridade responsável por iniciar, implementar ou aplicar qualquer fase do procedimento de controlo de dopagem em Cabo Verde.
gov.cv