O presidente da Câmara Municipal da Praia desafiou as autoridades desportivas a apostarem na formação de base para que o país, particularmente o maior município do país, continue a formar campeões.


Óscar Santos lançou este repto em entrevista a Inforpress, no Palácio da Assembleia Nacional, momentos antes da Gala do Desporto da Praia, em que ressalvou que o lema deste ano “10 anos a premiar os nossos campeões”, representa investimento feito pela autarquia ao longo destes anos no desporto, tanto colectivo como individual.
Disse que Cabo Verde tem uma população muito jovem e com uma “grande capacidade atlética”, pelo que entende ser “imprescindível aproveitar esse bem” caso esta aposta seja feita de base e nos jovens.
A autarquia, revelou, tem protocolos de apoios com várias associações, assim como apoia pontualmente as provas internacionais, pelo que disse esperar também contar com o apoio do Governo neste capítulo.
“Este é o ponto alto, sobretudo para premiar o esforço dos atletas, dirigentes, jornalistas, para elevar à Cidade da Praia a um patamar muito alto a nível desporto. Esperemos que para o ano tenhamos mais campeões”, realçou Santos, para quem a autarquia quis com este gesto retribuir todo o esforço desenvolvido durante o ano 2019.
Considerando que o “desporto é vida e que une país e cidade”, o presidente da câmara da Praia manifestou a sua alegria “pelo entusiasmo dos munícipes à volta do desporto”, afiançando que a cidade está a tornar-se, cada vez mais, num palco para a promoção de “grandes eventos desportivos”.
Por isso, disse estar convicto de que o investimento feito ao longo destes anos tem sido “muito bom”, tendo sublinhado que a cidade vai continuar a preparar-se para acolher grandes eventos no próximo ano, designadamente o Africa Youth em sub-19, com equipas de Portugal, Brasil e África.
Por tudo isto considerou que “a grande aposta” feita no parque desportivo tem vindo a ter retorno ao longo dos dias, asseverando que a cidade já conta hoje com mais 15 campos relvados de nível (sintéticos), extensivo a bairros periféricos, em locais onde “era impensável”, e de estar a dar passos seguros na implantação do “stret basket 3×3” (basquetebol de rua).
A X Gala do Desporto premiou figuras da capital como atletas, de que o veterano Jove foi das figuras reconhecidas, jornalista, associações e instituições que ao longo deste ano contribuíram para engrandecer o desporto.
Os prémios individuais que estiveram submetidos à votação popular (online) encerrou a cerimónia com o “Tribuna VIP da TCV” a receber o troféu do Melhor Programa Desportivo, a RCV a conquistar o troféu do melhor Órgão de Imprensa, Victor Hugo Fortes a ser eleito o Melhor Jornalista Desportivo da Praia.
A CV Telecom foi atribuída a estatueta como o maior patrocinador desportivo, a Padaria Montrond a de melhor parceiro, sendo que o atleta paralímpico Flávio Gonçalves foi galardoado com o do dirigente do ano.
Humberto Bettencourt recebeu o troféu do melhor treinador (futebol), a atleta Maria Correia “Tchumamai” a do melhor atleta feminina e o andebolista Alexis Miranda ficou com o prémio destinado ao maior atleta masculino.
Inforpress