A organização da 12ª Travessia do Tarrafal em natação, realizada domingo neste concelho de Santiago, regozija-se com o nível de qualidade da prova conquistada por Salsa Alkari em representação da equipa anfitriã e o brasileiro Gustavo Girotto nos 2500m.


Em mais uma iniciativa do Tarrafal Swim, Salsa Alkari partilhou o pódio feminino com a senelagesa Aminata Diouf (segundo classificada) e a brasileira Neusa Weber na prova rainha dos 2500 metros.
Já a prova masculina desta 12ª Travessia do Tarrafal mar aberto nos 2500 metros foi conquistada pelo brasileiro Gustavo Girotto, seguido de Victor Borges (Brasil) e Ousseynou Gueye (Senegal).
A competição dos 1000 metros femininos teve como vencedora a nadadora Janete, ao passo que Carmelita dos Santos, Pico Leão (Ribeira Grande de Santiago), ficou no segundo lugar na sua primeira experiência numa prova do género.
Já em masculino, Constantine foi o vencedor com o tempo de 19 minutos, numa prova que teve como grande atracção o miúdo brasileiro Artur Jair, de apenas 9 anos, que completou os 1000 metros no 22º lugar da tabela classificativa.
De acordo com a organização, a prova contou com o concurso de 60 nadadores, sendo 25 nos 1000 metros e 35 nos 2500, com uma forte concorrência da ‘legião brasileira’, numa vasta equipa composta por crianças jovens e adultos, sendo mais velho, José Patrício com os seus 75 anos.
A 12ª Travessia do Tarrafal contou com a parcerias de Água Bonatura e Bimex e ainda a colaboração do Instituto Marítimo Portuário (IMP), Polícia Nacional, câmara municipais do Tarrafal e da Praia, 3ª Região Militar, pensão Sol & Luna, entre outras.
Inforpress