As selecções de Santo Antão, em sub-18 femininos, e de Santiago Norte, em sub-19 masculinos, sagraram-se terça-feira campeões nacionais de voleibol, ao vencerem os jogos da final do torneio nacional da modalidade realizado na cidade das Pombas.


Na final feminina, a selecção de Santo Antão venceu a sua congénere de São Vicente por 3-0, com os parciais de 25-11, 25-12 e 25-09, resultado que espelha a superioridade demonstrada em campo pelas meninas de Santo Antão.
A santantonense Joiris Minecci foi eleita “melhor atleta feminina” da competição e, no final do jogo, disse aos jornalistas que uma competição no escalão sub-18 “era aguardada há muito tempo porque Santo Antão tem uma selecção muito forte e a prova é que conseguiu ganhar o torneio”.
O seleccionador santantonense, Oracio Minecci, considerou que “o objectivo foi conseguido” e destacou o trabalho desenvolvido ao longo de seis anos com essas meninas, trabalho esse que esteve na origem da vitória conseguida neste torneio nacional do escalão sub-18.
Segundo Oracio Minecci, as meninas “provaram que não têm ‘paridade’ em Cabo Verde” e isso, afirma o técnico italiano da selecção feminina de Santo Antão, “é fruto do trabalho desenvolvido nestes seis anos”.
Na final masculina defrontaram-se as duas selecções da ilha de Santiago, com vitória do Norte sobre o Sul por 3-0, com os parciais de 25-20, 25-23 e 25-22, naquela que foi a primeira derrota da formação da cidade capital.
Dary Veiga, da equipa masculina de Santiago Norte, justifica a vitória dizendo que “Santiago Norte era a equipa mais forte” e deu os parabéns às outras selecções que apresentaram um voleibol de bom nível, nomeadamente a selecção de Santiago Sul que ganhou o Norte na fase regular mas, garante Dary Veiga, “estávamos a preparar-nos para ganhar a final”.
O atleta Kelton Correia, de Santiago Norte, foi eleito o melhor atleta masculino.
Inforpress