A Fundação da Escola de Preparação Integral de Futebol (FEPIF) está à procura de financiamento para participar, em Junho, no Torneio Mundial de Futebol Juvenil “Ibercup”, em Estoril (Portugal).


A direcção da fundação, agora liderada pelo professor José Maria Lobo “Djédji”, afirma que “a escola tem vindo a preparar os meninos e atletas enquanto pequenos “Tubarões Azuis” com muito rigor, esforço e empenho, foco disciplina e muito trabalho”, mas que a falta de recursos financeiros está a pôr em causa a sua participação.

É intenção da Fundação “elevar o nome de Cabo Verde a níveis mais altos no plano internacional”, pelo que lança uma ofensiva a toda a comunidade cabo-verdiana, dentro e fora do país, no sentido de contribuir de maneira que a FEPIF possa ir em frente e continuar a espalhar as qualidades de Cabo Verde no mundo do futebol.

A EPIF reivindica a formação de futebolistas internacionais cabo-verdianos como Ryan Mendes, Kuca, Babanco, Stopira, Zé Luis, Gégé e Platiny, destacando a sua contribuição pela segunda posição que a selecção de futebol de Cabo Verde ocupa hoje no “ranking” da África.

O Ibercup é referenciado como um dos torneios mundiais de futebol juvenil mais importantes do mundo, pois que envolve cerca de 50 países, num universo de oito mil jogadores, treinadores e famílias que estarão no Estoril para “uma semana de convívio e oportunidades extraordinárias para competir com algumas das melhores equipas do mundo.

Fonte: Inforpress