O Presidende da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Victor Osório, reagiu, hoje, em nota de imprensa, ao pedido de destituição da actual direcção da FCF feito por algumas associações regionais de futebol.



Victor Osório diz de que o pedido de destituição só pode acontecer, segundo o artº 20 "por violação grave dos seus direitos estatutários" e que o mau resultado frente à Líbia não é seguramente "violação grave" dos estatutos da FCF.

Para o Presidente da FCF, o Presidente da Associação Santiago Sul ,Mário "Donnay" Avelino, “pretende, de forma vil aproveitar o resultado de um jogo para vir, mais uma vez atacar-me, como vem fazendo desde que perdeu as eleições …".

Victor Osório adianta ainda que o pedido formulado “demonstra o total desconhecimento das normas de funcionamento da FCF e dos seus órgãos e denota da impreparação dos requerentes”.