O projecto “Dragon Force Caça-talentos” realizado na Cidade da Praia pelo Futebol Club do Porto, pré-seleccionou seis jovens atletas cabo-verdianos após o último teste realizado hoje no Estádio Municipal de Achada Santo António “Sucupira”.


A lista foi divulgada hoje pelo “staff” do club português que se encontra em Cabo Verde a procura de novos talentos que possam integrar os escalões de formação portista.
Nessa lista constam os atletas Leonado Dinis, Kelvin Spencer Pires, Paulo Júnior Santos Gomes, Délcio Ferreira Fernandes, Nibrás Mohammed Juma e Iolando Andrino de Jesus.
Segundo o director-geral do projecto, Ricardo Frey Ramos, o grupo final será fechado este sábado, 01 de Julho e divulgado na pagina oficial facebook da Associação das Escolas de Futebol de Cabo Verde.
Para o portista, esta selecção não foi fácil atendendo ao número de inscritos no evento e que foram avaliados perante as suas idades e posições em que jogam.
Ricardo Frey Ramos disse à  Inforpress que não tem dúvidas de que “o talento está enraizado em Cabo Verde” e que os jogadores que vão ser levados para Portugal serão aqueles que demonstrem capacidades para integrar sem quaisquer dificuldades os escalões de “sub 17 ou sub 19” do Futebol Club do Porto.
Por outro lado, o presidente das Associações das Escolas de Formação de Futebol em Cabo Verde, Paulo Canuto, fez um balanço positivo do evento justificando que “conseguiu-se pôr em relevo a qualidade do talento dos jogadores cabo-verdianos nascidos entre 1998 e 2002”.
Salienta que o objectivo das escolas de Cabo Verde é promover o futebol das camadas jovens a nível nacional e que estará aberto para dialogar com outras entidades que queiram vir fazer actividades em Cabo Verde.
Por sua vez, Délcio Ferreira Fernandes, um dos atletas seleccionados mostrou-se orgulhoso pela chamada que sublinha ter sido “fruto de muito esforço” e em caso de uma eventual chamada para ingressar nas camadas jovens do club português “promete ser um bom atleta e ajudar o seu país”.
Fonte: Inforpress