Não há duvidas que o melhor marcador do Inter ilhas 2015, foi o avançado da ilha do Maio, Tata.



Por engano a organização do torneio entregou o troféu a Djony da seleção de São Vicente e até a data, Tata, aguarda a correção do erro e que a verdade desportiva seja refeita.

O jogador do Mindelense diz ter a garantia do presidente da associação da sua ilha natal e membro da FCF, que procura-se uma ocasião para se entregar o troféu.
Victor Hugo Fortes