A Taça de Cabo Verde está reactivada pela Federação Cabo-verdiana de Futebol e realiza-se de 26 de Maio a 09 de Junho, envolvendo os dez vencedores das taças regionais, prova a ser disputada em simultâneo com o Campeonato Nacional


O protocolo para a materialização desta prova foi rubricado esta tarde, na Cidade da Praia, entre a direcção da Federação Cabo-verdiana de Futebol e a administração da Caixa Económica de Cabo Verde, instituição bancária que disponibiliza dois mil contos, enquanto um dos patrocinadores desta prova que passará a chamar-se da Taça da Caixa.
O presidente federativo avançou à imprensa que a Taça Cabo Verde vai ser discutida num novo figurino, pois que foi tida em conta a política de vizinhança para minimizar os custos, com as equipas dividas em grupos de Norte, Centro e Sul.
De acordo com Mário Semedo, o Norte vai ser constituído pelos representantes de Santo Antão, São Vicente e São Nicolau, sendo que as duas regiões de Santo Antão disputam entre si o título do vencedor da taça desta ilha, visando a passagem para a fase de grupos.
Para isto, vai ser feito um sorteio para ditar a ilha a acolher o jogo, já que a prova vai ser disputado a uma só mão.
O segundo grupo vai ser constituído pelos vencedores das taças regionais do Sal e Boa Vista, sendo que as equipas do Maio e Santiago Sul jogam entre si o acesso à fase seguinte, assim como os vencedores da Taça das regiões do Fogo e Brava.
Para a segunda fase, a FCF conta ter cinco equipas apuradas, pelo que uma delas será automaticamente apurada, mediante o sorteio à fase seguinte, para se juntar às duas equipas apuradas.
A última a terceira fase vai ser disputada no sistema de “play-off”, com três equipas, no formato de todos contra todos para se apurar o vencedor da Taça Cabo Verde.
A fase dos “play-off”, de acordo com a programação, vai ser organizada logo depois do Campeonato Nacional, na Cidade da Praia, estando calendarizado para a segunda-feira, 14, às 10:00, o sorteio dos play-off juntamente com o sorteio do Campeonato Nacional para às meias-finais.
Santiago Norte fica fora da Taça Cabo Verde, já que não foi realizada a Taça regional, sendo que a prova conta com o concurso de equipas como o Sporting da Praia, Batuco (São Vicente), Sal-Rei (Boa Vista), Académica do Fogo, Rosariense (Santo Antão Norte), Académica do Porto Novo,
Inforpress