A equipa da Escola de Futebol de Achada Grande Trás (EFAT) que vai representar Cabo Verde no Torneio Africano de  futbolnet na Gâmbia foi hoje apresentada no campo relvado de Achada Grande Trás.


O grupo de oito atletas, meninas e rapazes, fez um desfile no relvado em parceria com “Bons Amigos”, uma associação que cuida e trata de animais, nomeadamente cães.
Durante o desfile, algumas crianças transportaram consigo cães bebés disponibilizados pela “Bons Amigos”.
“O objectivo deste desfile é o de sensibilizar e incentivar  as crianças a cuidarem dos animais”, explicou o vice-presidente da EFAT, Dulcelino Costa.
Segundo ele, o grupo está “ansioso e motivado” para participar no torneio da Gâmbia sendo, diz ele, a primeira vez que uma equipa cabo-verdiana participa naquele evento desportivo.
O torneio realiza-se de 21 a 22 de Julho e conta com a participação de equipas de todos os Centros OlimpÁfrica do continente.
O futbolnet é uma metodologia de intervenção social que aproveita o futebol para criar nas crianças o sentido de “fair play”, jogo limpo e bons comportamentos.
Este jogo é realizado com regras impostas pelas próprias crianças que tentam ao máximo cumpri-las para vencer o jogo. Após cada partida é feito um balanço para decidir o vencedor do jogo que não será necessariamente o que tiver apontado mais golos, portanto, uma procura pelos bons valores.
A equipa EFAT venceu a final do torneio de futbolnet, que se realizou no passado dia 21 de Abril, no Estádio Nacional, ganhando assim o direito de representar o Centro Olympáfrica de Cabo Verde. Nesse torneio haviam participado cerca de 1600 crianças.
O regulamento estipula que as equipas de futbolnet terão que ter no mínimo duas meninas.
Inforpress