A entrega de uma viatura a Federação Cabo-verdiana de Futebol por parte do BCA, foi o ponto alto, da cerimónia do protocolo de parceira entre as duas instituições, por mais um período de 4 anos.

A oferta do carro é o trecho visível de uma parceira que abrange outros benefícios. A FCF vai ter uma conta BCA e vai usufruir de regalias nos produtos e serviços do Banco Comercial do Atlântico.

Por seu lado a FCF terá a missão de divulgar a marca BCA e os respectivos serviços, através das seleções. O BCA passa a ser o banco oficial dos Tubarões Azuis.

Victor Osório, em nome da FCF agradeceu, mais este gesto do BCA, por demonstrar confiança e a vontade de juntos criarem coisas novas para o futebol. Segundo o presidente da FCF, esta parceira ora assinada ultrapassa as fronteiras do futebol, por entra no campo do social. A oferta do carro e as outras vantagens que advêm desse protocolo vêm reforçar a gestão diária da FCF e toda a logística da organização.

Em nome do BCA, o administrador Fernando Moeda, relembrou a posição de Cabo Verde no ranking e recordou os tempos em que o mesmo era vice-presidente da FCF e das dificuldades que a federação enfrentava para realizar qualquer jogo internacional. 

Hoje o BCA como banco de confiança e enquadrado na sua política de responsabilidade social, espera através da assinatura dessa parceria, poder ajudar a federação. 

O ato da assinatura do protocolo contou com a presença do presidente do concelho da administração do BCA o Dr. António Guerra.