Na noite desta terça-feira, Mário Semedo, Presidente da FCF, e Michael Van Praag, Presidente da KNVB assinaram um memorando que irá fortalecer o relacionamento entre as duas instituições desportivas.


O memorando foi assinado no estádio do Sparta, em Roterdão, e contou com a presença de Jorge Carlos Fonseca, Presidente da Republica de Cabo Verde, e Willem-Alexander, Rei da Holanda. Estiveram ainda presentes, David Mendes da Silva, que recentemente esteve em Cabo Verde, para dar uma formação, e Van Hooijdonk, antigo jogador do Benfica.
Quanto ao memorando, este irá abarcar áreas de assistência técnica e treinamento de treinadores, arbitragem, promoção de talentos, equipas nacionais, futebol feminino, administração e assuntos jurídicos, matéria de organização de provas e projetos diversos.
"A assinatura deste Memorando é um momento histórico pois trata-se do primeiro na história de relacionamento entre as duas Federações. Com este instrumento de cooperação, que tem a duração de 4 anos, o futebol cabo-verdiano ira beneficiar grandemente, sobretudo na área formação e é bom recordar que a esse nível a Holanda é das principais potencias mundiais em matéria de formação desportiva", disse Mário Semedo.
Ainda na noite de terça-feira foi foi instalado o núcleo da FCF na Holanda e é o primeiro núcleo formalmente instalado na Diáspora. A cerimônia contou também com a presença do Vice-Presidente Inácio de Carvalho, responsável pelo pelouro de formação da FCF.
O núcleo fica situado nas instalações da Associação Maense, na cidade de Roterdão, sendo o seu coordenador o Sr. Alcindo Monteiro. A sua composição é de 7 pessoas incluindo a Georgina Barbosa, que terá atribuições a nível do futebol feminino.
A 'amizade futebolística' entre ambas as instituições não é de hoje. Lembrando que em Novembro deste ano a KNVB organizou uma formação de treinadores que contou com a os instrutores Rob Klein e David Mendes da Silva.