O Sporting da Brava venceu hoje a Académica do Fogo, por 4-2, nas grandes penalidades, no jogo da primeira eliminatória da Taça de Cabo Verde, disputado no Estádio Aquiles de Oliveira, na Brava.


Após os 90 minutos e o prolongamento, a partida terminou com um empate a dois golos e ficou marcada pela expulsão de Lúcio, do Sporting, e Lalo, da Académica, ambos por agressão.
No final da partida, Jorge, guarda-redes da equipa do Sporting, disse que a derrota na Ilha do maio, a contar para primeira jornada do Campeonato de Cabo Verde, serviu para “unir a equipa”.
Por seu turno, Joel Castro, treinador da equipa da Académica do Fogo, considerou que foi um jogo “difícil”, adiantando que ambas as formações queriam vencer, “tanto é que a decisão foi para os penaltis”.
Para Joel Castro, os seus atletas jogaram “mais com o coração do que com a cabeça” e que a sua equipa não esteve bem fisicamente durante toda a partida e mesmo nas grandes penalidades.
As eliminatórias da Taça Cabo Verde realizam-se a uma só mão, nos dias 09 e 10 de Abril (1ª), 24 de Abril (2ª) e 08 de Maio (terceira eliminatória, meia-final), estando a final reservada para 18 de Maio no Estádio Nacional, na Cidade da Praia.
Inforpress