O antigo jogador do Boavista  da Praia Mia da  Veiga  vai organizar,  no dia 08 de Junho, no Campo de Sucupira, na Cidade da Praia,  um jogo  solidário para o ajudar o menino Sivlas,  com paralisia cerebral.


Em conversa com a Infopress, via Internet,  directamente dos  Estados Unidos da América, onde reside actualmente, o antigo lateral direito explicou que este projecto, denominado “Um sorriso diferente”, surgiu depois de  ver  um post no Facebook,  publicada pela mãe da criança.

“Perguntei à mãe sobre  a criança e ela me contou que Sivlas  tem paralisia cerebral  e, sensibilizado com a sua situação, contactei  Djaló Almeida,  da Escola de Karaté de Tira Chapéu, e  decidimos realizar este jogo  solidário “, acrescentou.

Neste dia,  08 de Junho, informou que as actividades vão começar as 14:00 com actividades musicais, jogo de sub-19 e  demonstração de Karaté.

Quem quiser assistir à homenagem deve oferecer, à  entrada, um quilograma de alimento não perecível.

Adiantou que o jogo será disputado pelos antigos futebolistas dos clubes  Boavista e Sporting da Praia,  que se comprometeram em apoiar o projecto.

“Escolhi  o Boavista por ser o meu clube de coração, onde joguei sete anos,  e o Sporting porque foi  um  grande rival,  durante os 15 anos que joguei no Estádio da Várzea”, esclareceu.

Gêgê, Babanco, Kuka, Leleco, Kiki, Platini, Loloti, Dário, Zé de Tchecha,Vargas e Stopira, são, de entre outros,  alguns jogadores  que vão participar nessa partida.

Para além do Boavista, onde foi  campeão nacional e regional, Mia da Veiga representou os Travadores, a Académica da Praia e o Vitória.
Inforpress